35 reales con 71 centavos

em 12x 3 reales con 46 centavos

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Estoque disponível

Características principais

Título do livroCombo 4 Livros Físicos Fiodor Dostoiéviski Crime e Castigo
AutorFiódor, Dostoiévski
IdiomaPortuguês
Editora do livroCiranda Cultural
MarcaCiranda Cultural

Outras características

  • Gênero do livro: Romance

  • Tipo de narração: Conto

  • Idade mínima recomendada: 12 anos

  • Idade máxima recomendada: 99 anos

  • ISBN: 720310896680

Descrição

COMBO LITERATURA RUSSA
FIÓDOR FOSTOIÉVSKI
 
# Contos clássicos, Clássicos da literatura , Relatos, Literatura Russa, Romance, Amor, Carta, Valores, Afeto, Injustiça, Diferença, Romantismo , Desigualdade social, Sociedade, Pobreza
 
 
COMPOSIÇÃO:
A)         Gente Pobre – ISBN 9786555522280
B)         Crime E Castigo – ISBN 9786555520804
C)          O Eterno Marido – ISBN 9786555521955     
D)         Noites Brancas – ISBN 9786550970284
          
 
A)              Gente Pobre
 
Sinopse
Primeira obra de Dostoiévski, Gente pobre mostra ao leitor a dura realidade vivida pelos moradores de São Petesburgo, no século XIX por meio das cartas trocadas entre os protagonistas. Apesar de ter sido escrita quando o autor tinha apenas 24 anos foi sua primeira publicação, a obra já reflete a genialidade daquele que se tornou um dos grandes nomes da literatura russa. O relacionamento construído à distância, as dificuldades enfrentadas no dia a dia de uma vida paupérrima e os sentimentos mais profundos do ser humano estão claros e representados pelos personagens deste romance realista e envolvente.
 
Dados do Livro
 Título:      Gente pobre
 Formato do Livro (L x A x P):       15.5 x 22.6 x 1 cm
 Peso:       0.175 kg
 Encadernação:  Brochura
 Páginas:   160 páginas
 
 
B)              Crime e Castigo
 
Sinopse
 Crime e Castigo (em russo, Prestuplênie i nakazánie) é um romance do escritor Fiódor Dostoiévski, publicado na revista literária O Mensageiro Russo durante doze edições mensais ao longo do ano de 1866. Posteriormente, foi publicado em volume único. É o segundo romance de Dostoiéviski, escrito após seu exílio de dez anos na Sibéria. Crime e Castigo é considerado o primeiro grande romance do seu período de escrita "maduro". O romance é frequentemente mencionado como uma das maiores obras da literatura universal.
 
Dados do Livro
 Título: CRIME E CASTIGO
 Formato do Livro (L x A x P): 14 x 21 x 3 cm
 Peso:  0.260 kg
 Encadernação:           Brochura
 Páginas:         240 páginas
 
 
C)               O eterno marido
 
Sinopse
Publicada em 1869 e escrita entre os conhecidos romances de Dostoiévski, O idiota e Os demônios, esta obra é uma batalha psicológica intrigante e envolvente entre dois homens de meia-idade. Um (Aleksei Ivánovitch Veltchanínov) é amante da falecida esposa (Natália Vassílievna) do outro (Pável Pávlovitch Trussótski). Ou seja: Natália era esposa de Pável, mas também amante de Aleksei. E tem uma filha (Liza). De quem? Uma história trágica, triste e às vezes engraçada. Engraçada pela incapacidade das pessoas de mudar. Não existe outro escritor que consegue sondar as profundezas de uma consciência culpada melhor do que Fiódor Dostoiévski.
 
Ficha técnica
Título: O ETERNO MARIDO 
Dimensões: 23cm x 16cm
Número de páginas: 176
Peso: 350 gramas
Encadernação: Brochura
 
D)              Noites Brancas
 
Sinopse
Noite branca é um fenômeno comum na Rússia, em especial em São Petersburgo, em que o sol permanece um pouco abaixo da linha do horizonte ao se por, deixando a madrugada clara. É nesse cenário de atmosfera lírica que dois jovens sonhadores se conhecem em uma ponte. Ao longo de quatro noites, os dois combinam de se ver para falar sobre suas vidas e compartilhar sonhos, angústias e reflexões, até o desfecho inesperado ao final do quarto encontro.
 
Dados do Livro
 
  Título: Noites brancas
 Formato do Livro (L x A x P): 16 x 23 x 1 cm
 Peso: 0.148 kg
 Encadernação: Brochura
 Páginas: 80 páginas
 
 
Sobre o (a) Autor (a)
 
FIÓDOR DOSTOIÉVSKI
Fiódor Mikhailovitch Dostoiévski (Moscou/Moscovo, 11 de novembro de 1821 - São Petersburgo, 9 de fevereiro de 1881) foi um escritor, filósofo e jornalista do Império Russo. É considerado um dos maiores romancistas e pensadores da história, bem como um dos maiores "psicólogos" que já existiram (na acepção mais ampla do termo, como investigadores da psiquê).